Psych - Season 7

Gus: “E se algo acontecer com Max?”.
Shawn: “Que Deus me mate com um raio se isso acontecer, tá bom?“.

Ambos viram-se e notam que o garoto sumiu.

Desde a época das filmagens da sétima temporada, um dos episódios que mais fiquei curioso pra ver era Cirque du Soul. A competente diretora Jennifer Lynch, que nos entregou Autopsy Turvy/Autópsia Pela Metade na temporada passada, volta à série para levar Shawn e Gus ao mundo do circo. A espera valeu a pena. Após um tempo considerável, temos mais um caso privado pego por Shawn, ao contrário dos últimos episódios, em que eles estavam trabalhando mais com a polícia… Zola, uma circense, aparece pedindo ajuda ao detetive vidente para que ele procure um trapezista que sumiu do trabalho há algumas horas. Como a polícia só considera sumiço casos em que as pessoas não aparecem após 48 horas, Shawn reluta em pegar o caso… mas constragindo com algo que estava fazendo (ou que tentou fazer), rapidamente muda de idéia.

Pouco depois de pegar o caso, Gus chega ao escritório da Psych acompanhado de Rachael e o garoto Maximus, que não simpatiza com nosso pobre colega do Cosby Show. Situação oposta em relação à Shawn, que o garoto admira e se espelha. Tentando criar uma amizade com o menino, Gus o convida pra sair, ir ao zoológico, planetário, aquário, e até mesmo a antiga cidade de Velha Sonora, palco protagonista do episódio Matar ou Morrer… de Rir. Nada anima o garoto. Mas é só Shawn oferecer um passeio ao circo que o ânimo do jovem se altera. Claro que o passeio é uma desculpa esfarrapada pra Shawn investigar o caso que acabou de pegar ao lado de Gus, sem que ele saiba.

Ao chegarem no circo, se deparam com a pessoa que foram contratados para procurar. Com o caso teoricamente resolvido, aproveitam pra curtir os ensaios do espetáculo. Até que o rapaz que foram encumbidos de achar acaba saltando mal de sua apresentação principal no ensaio, caindo de uma altura enorme e morrendo ao chegar no chão. Fecha-se um caso de desaparecimento e abre-se um de homicídio. Enquanto Shawn e Gus investigam o que aconteceu com François, o rapaz morto, acompanhados do elétrico Maximus, Lassie vai do céu ao inferno com a liberação de Marlowe da prisão, mas têm sua vida dificultada por uma ex-namorada. Sem ter onde morar, ele e Marlowe acabam ficando de visitas na casa de ninguém menos do que… bom, veja o episódio pra descobrir.

Confesso que andava sentindo falta de um caso privado na série. Desde True Grits/Uma Segunda Chance, com Anthony Anderson contratando os detetives para que ele ganhasse uma indenização do estado por ser preso indevidamente, não tinhamos Shawn e Gus pegando casos de civis. Foi bom também irmos pra um cenário que a série ainda não havia explorado. Isso proporcionou ótimos momentos de risadas, como quando Shawn canta o clássico iodelei vestido de tirolez e Gus com suas mãos enormes carregando seu prato de comida no refeitório do circo.

Os principal destaque neste episódio, pra mim, foi a cena final, com Shawn e Gus se reconciliando. Irmãos, tios, pais e avós brigam. Porque não os melhores amigos? Interessante ver como, mesmo quando um está possesso com o outro, eles aparecem para se ajudar e deixam as mágoas de lado. O roteiro de Saladin K. Patterson, que está na série desde a primeira temporada, é bem ágil e explicativo. O caso deste episódio não é complexo e vejo que foi fácil de resolver. Bastou Shawn trabalhar com a equipe “ladrã” para poderem resgatar a mocinha no final e prender os bandidos.

Este episódio também mudará o destino de dois personagens. Lassiter vê como única alternativa se casar com Marlowe pra se livrar das desavenças impostas por sua ex-namorada nas restrições de condicional. Como bem destacou nosso leitor Ygor durante a transmissão que fizemos do episódio, é bem difícil ver Lassie sorrindo. Ao que parece, veremos o estressado detetive aliviar um pouco mais a tensão que carrega por ser policial…

Psych segue muito bem nesta sétima temporada. Quase todos os episódios foram construídos seguindo a linha que conhecemos da série, embora alguns pontos tenha se renovado. Mas não vale a pena todas as semanas ficarmos falando o que mudou ou não em relação as temporadas anteriores. Que venha o casamento de Lassie, e uma despedida de solteiro à la Last Night Gus e Se Beber, Não Case!

NOTA:

pinapple-4-stars