Três anos depois de nos despedirmos de Shawn e Gus ao som de “We Close Our Eyes” do Oingo Boingo, os falsos detetives mediúnicos Shawn Spencer (James Roday) e Burton “Gus” Guster (Dulé Hill) estão retornando para um filme natalino que, segundo o criador Steve Franks, “superará qualquer coisa da série original“!

À medida que os garotos enfrentam um inimigo mortal – o frio Thin White Duke, interpretado por ninguém menos que Zachary Levi, que de acordo com Hill, está “procurando buscar, matar e destruir toda a equipe de Psych” – eles se reunirão com o resto da gangue em um dos momentos mais angustiantes de todos, como podemos ver retratado na foto acima: a primeira oficial do grupo nesta nova aventura.

Isso nos leva a coisa mais intensa, emotiva e possivelmente mais ridícula que já fizemos“, diz Franks. “Enquanto todos os outros estão lutando contra os inimigos mais assustadores que já haviam enfrentado, Shawn e Gus encontraram uma maneira de tropeçar em algo que é incrivelmente bobo, porém apropriado, e tiram uma certa tensão do ar fazendo tudo de modo bem divertido“.

Abaixo, estão cinco coisas que você precisa saber sobre o filme, de acordo com o Entertainment Weekly.

1. Kurt Fuller retorna para o filme

Ralph Macchio não é o único rosto familiar que aparecerá no filme. Como visto na foto acima, Kurt Fuller deve repetir seu papel como Woody, o legista. De acordo com Franks, a presença de Fuller no filme nunca sequer chegou a ser uma dúvida.

É claro que Kurt tem que estar no filme“, diz Franks. “Todos os dias, a presença de Kurt ficou cada vez maior, e maior, e maior. Ele se encaixou tão bem, não tivemos como evitar. Continuamos o chamando para cada vez mais e mais cenas e, com o tempo, começamos a escrever sempre imaginando como Woody poderia se encaixar naquilo“.

2. Timothy Omundson aparecerá no filme de alguma forma

Você deve ter percebido que um rosto importante está faltando na foto acima: o de Timothy Omundson, que interpreta o detetive Lassiter. Omundson está ausente da reunião porque ele sofreu um derrame cerebral pouco antes da produção ter iniciado, o que significava que Franks e Roday, que co-escreveram o roteiro, tiveram que retrabalhar a história.

[O derrame de Omundson] meio que nos forçou a repensar muitas coisas. Em primeiro lugar, se deveríamos ou não realizar esse filme. Seria o momento certo? Faria sentido, de forma criativa? Como podemos fazer isso funcionar sem uma peça importante?“, diz Roday, que caracteriza a recuperação de Omundson como “extraordinária“.

Depois de conversar com Omundson e sua família, eles decidiram seguir em frente e, na verdade, encontraram um caminho para o amigo fazer parte dessa reunião. “Há definitivamente uma maneira dele aparecer no filme“, diz Franks. “Não chegamos a esse ponto ainda [no processo de edição]. Não posso dizer com 100% de certeza que irá acontecer, mas posso dizer com 99,99% que fizemos tudo o que podíamos para colocar o Tim no filme“.

Roday acrescenta: “Eu acho que encontramos a melhor maneira possível de manter Lassiter na conjuntura do que fizemos, dar pistas sobre seu futuro e, de quebra, ainda dar a todos os Psych’os a oportunidade de ver essa face ridiculamente bela“.

3. São Francisco é o cenário principal

Os fervorosos Psych’os podem ficar um pouco decepcionados caso esperassem rever algumas das velhas imagens da ensolarada Santa Barbara, palco principal da série. No processo de retrabalho do roteiro, a história acabou mudando-se para São Francisco, onde Shawn, Gus, Jules (Maggie Lawson) e Chefe Vick (Kirsten Nelson) se mudaram para o final da série.

Foi realmente bom movê-lo pra fora de Santa Bárbara, porque era um ambiente novo. Parecia digno aos eventos que criamos“, diz Franks, que revela que o veículo dirigido por Shawn e Gus – o carro da auto-escola com dois volantes – ainda continua com eles, três anos depois.

4. Gus ainda continua sua busca pelo amor

Uma das diversas gags de Psych mostravam o quão desesperado Gus sempre foi para encontrar um par romântico. E é claro que essa piada será mantida nessa reunião. Com os eventos se passando três anos após a série, Gus acha que finalmente pode ter encontrado a mulher dos seus sonhos numa pessoa chamada Selene (Jazmyn Simon, a noiva da vida real de Hill). No entanto, há uma boa chance de – novamente – ele estar errado. Hill diz que Burton fica impressionado quando as clássicas cantadas de Gus começam a dar certo com Selene.

Sabe quando algo que você faz dá certo, mas você achava que deveria dar errado? É mais ou menos isso que vai acontecer com Gus. As coisas vão acontecendo e ele vai apenas se surpreendendo. Será uma experiência curiosa de ver acontecendo com ele“.

5. Henry Spencer sofre uma grande transformação

Outro detalhe curioso que os Psych’os podem ter notado na foto acima é que Henry Spencer (Corbin Bernsen) está usando um chapéu da moda. Ou trendy fedora, em inglês. Esse acessório questionável é realmente uma dica importante sobre o que aconteceu na vida de Henry desde o fim da série.

Caso você não se lembre, no último episódio de Psych, Henry vende sua casa para Lassiter e, assim, se muda para um apartamento num bairro que se valoriza. Ao invés de se mudar para um lugar mais em conta, Henry decide evoluir junto com seu bairro, passando a usar roupas da moda e mantendo uma bela barba branca.

Ele se tornou o velho mais descolado do bairro“, diz Franks. “Na primeira vez que vemos Henry no filme, ele parece um consultor de moda. É algo muito engraçado e acho que foi uma ótima maneira de dar a esse personagem uma coisa divertida de se fazer. Corbin se divertiu muito fazendo“, encerra Franks.

O especial de duas horas Psych: The Movie estreará em dezembro no USA Network. Até lá, podemos esperar mais novidades sobre o filme no painel que teremos na San Diego Comic Con 2017.